Retenção de líquido
usuario

Publicado por Clarissa

Retenção de líquido, principais causas e como evitar


Muitas mulheres reclamam que sofrem de retenção de liquido. Que acumulam água com facilidade e sofrem oscilações de peso. E por causa desses sintomas buscam soluções para acabar com esse problema. Chás diuréticos, suplementos diuréticos, cortam o sal da comida. Mas vamos saber o que realmente funciona de verdade.

Principais fatores que causam retenção de líquido

Primeiro devemos entender o que causa essa retenção de líquido. Existem três causas principais deste tipo de retenção: níveis elevados de cortisol, desequilíbrio entre sódio e potássio e baixa ingestão de água.

O cortisol é um hormônio produzido pelas supra-renais em resposta ao estresse e baixos níveis de glicose no sangue. Quase todas as células têm receptores de cortisol, por isso seus efeitos são nítidos. Ele influencia na glicemia, na retenção de líquidos, no metabolismo dos alimentos, no sistema nervoso central, dentre outros. Dietas muito restritivas e prolongadas aumentas os níveis de cortisol. Isso causa alguns efeitos indesejáveis no corpo, incluindo o aumento da retenção de água.

O sódio é bem absorvido pelas células e junto com ele carrega água. Assim, quando você come uma grande quantidade de sódio, faz com que as célualas absorvam mais água até que o equilíbrio seja restaurado novamente. Por isso que quando você restringe a ingestão de sódio, a retenção de água diminui. Já o potássio desempenha um papel vital na restauração desse equilíbrio de fluido celular. Porém com o potássio já é o contrário. Quando você diminui drasticamente sua ingestão de potássio, também causa retenção de água

A ingestão de água suficiente todos os dias é fundamental. Porque se você não fornece fluidos suficientes para o seu corpo, ele causa adaptações que aumentam a retenção de água. Isso inclui a liberação de hormônios como que aumentam a retenção de água através de vários mecanismos.

Principais hábitos de quem sofre de retenção de líquido

Observe se não está cometendo os seguintes erros:
1- Excesso de restrição calórica ou excesso de atividade física (aumento do cortisol)
2-Não tem contole da sua ingestão de sódio e potássio.
3- Não bebe água suficiente

Fique de olho no cortisol. Faça atividade física diária mas não em excesso. Faça dieta mas que não seja drástica. Descanse bem e tenha boas noites de sono, de 6 a 8 horas pelo menos.

Como evitar?

Primeiro controle sua ingestão de sódio:

  • Evite alimentos enlatados, altamente processados ou industrializados.
  • Diminua o sal e evite temperos prontos com muito sódio.
  • Evite carnes embutidas e molhos para saladas.
  • Cautela com o consumo de queijos.
  • Evite ao máximo fast foods e outros alimentos na grande maioria fritos, salgados e empanados, como pizzas, hambúrguers, pastéis e empanados.

Melhore sua ingestão de potássio. Inclua alimentos como banana, cogumelos, abóbora, batata e folhas verde escuras. Outros alimentos também fonte de potássio são: feijão, iogurte, salmão e abacate.

Beba bastante água. A quantidade de água mínima para uma pessoa deve ser calculada da seguinte forma: PESO X 35mL. O valor é a quantidade em mL que você precisa consumir por dia. Além disso, se você sua bastante aumente ainda mais sua ingestão.

E os diuréticos naturais funcionam? Os efeitos são muito leves, e não tratam a causa da retenção de água e, portanto, não podem resolver o problema. Faça mudanças no dia a dia do seu estilo de vida e não busque soluções em pílulas ou pós. Também, a única situação em que eu recomendaria usar é se você já é magra e tem um percentual de gordura baixo e tem uma competição ou uma sessão de fotos e quer ficar mais seca ou definida.

Concluindo o artigo, antes de sair por aí falando que retém líquido, tenha certeza que é água mesmo que te incomoda. Se na verdade não é gordura acumulada. Muitas vezes temos dificuldade de admitir que aquele acúmulo ali é gordura mesmo e não

Comentários

Comentário